Como economizar na obra

Como fazer a manutenção do ladrilho hidráulico

Como fazer a manutenção do ladrilho hidráulico

Como fazer a manutenção do ladrilho hidráulico

Com este artigo, aprenda a realizar uma reforma gastando pouco.

Está construindo uma casa e sua maior preocupação é quanto dinheiro está saindo? A Ladrilhos Maria Estela vai te dar algumas dicas úteis e rápidas para que você fique de bem com seu bolso.

Realizar uma obra é o sonho de muita gente, mas infelizmente muitos postergam por causa dos custos com materiais e mão de obra. Porém, com medidas simples e boas ideias, juntamente com uma planilha bem organizada de gastos, a obra pode surpreender e não sair do orçamento.

É preciso conhecer, primeiramente, a sua realidade financeira, estabelecendo prioridades e valores para uso, assim, permitindo que você evite gastos desnecessários e que afetarão o orçamento geral da construção.

Buscar conhecer estilos também é fundamental, assim, você foca em itens que ficarão legais dentro do conceito imaginado, e não perde tempo e dinheiro buscando por coisas que não serão utilizadas.

A Ladrilhos Maria Estela preparou uma lista completa de pequenas coisas que podem ajudar no processo, e se forem seguidas, trarão o resultado esperado e com baixo custo.

1 – Contrate profissionais para desenvolver o projeto

Um dos erros mais frequentes é abrir mão dos serviços de engenheiros e arquitetos para programar a reforma. É aquela velha história, às vezes o barato sai caro, e deixar de contar com esses profissionais pode causar retrabalho, o que trará mais custos para a obra, fazendo com que os gastos sejam maiores do que foi planejado.

2 – Deixe a preguiça de lado

Participar do processo também é uma ótima opção. Veja tutorias no Youtube de “faça você mesmo”, e descubra como pintar as paredes e envernizar portas e janelas, por exemplo. Dessa forma, os valores gastos com mão de obra já serão reduzidos e você terá um ambiente totalmente personalizado e do seu gosto.

3 – Economize no acabamento

Materiais para acabamento, como tintas, revestimentos, massas, entre outros produtos, realmente não são baratos. É importante fazer uma lista de materiais e visitar várias lojas, mesclando grandes atacadistas com lojas menores. Isso fará com que você encontre produtos dos mais variados valores, podendo escolher por aquele que melhor se enquadra no orçamento total da obra.

4 – Reutilize a mobília

A parte de decoração, sem dúvidas, apresenta os maiores gastos da obra. Porém, existem maneiras de economizar muito com a mobília. A melhor dica é buscar por ponta de estoque, feirões de construção e lojas que conseguem melhorar o preço quando a compra é feita em grande quantidade.

5 – Pense em revestimentos

Áreas úmidas como banheiro, cozinha e ambientes externos geralmente necessitam de revestimentos específicos, pois correm o risco de umedecer e acabar danificando o espaço. Uma opção mais em conta são os ladrilhos hidráulicos.

Mas você sabe o que são ladrilhos hidráulicos? São peças feitas de concreto prensado, de alta resistência ao desgaste.  Ele recebe esse nome pelo fato da cura (endurecimento) ser resultado de uma reação química chamada hidrólise, que acontece entre os aluminatos e silicatos presentes no cimento.

O ladrilho hidráulico é composto por três camadas prensadas com o esforço máximo de 40 toneladas, o que garante durabilidade ao material.

A primeira camada é conhecida como “camada de face aparente” e sua principal função é dar aspecto decorativo ao ladrilho, além de garantir que não exista desgaste e tornar o ladrilho impermeável. Como é revestido por uma superfície ligeiramente rústica, ele torna-se antiderrapante.

A segunda recebe o nome de “camada intermediária”, e existe exclusivamente para absorver o excesso de água liberado pela camada aparente durante o processo de fabricação.

Já a última, conhecida como “camada inferior de aderência”, serve para prender a peça na superfície de contato, garantindo excelente fixação por ser rústica.

Para famílias que passam pouco tempo em casa, o ladrilho hidráulico é uma ótima opção para ser incluída na listagem de reforma, afinal, sua manutenção é baixíssima, precisando de uma lavagem com detergente neutro mensalmente. É importante focar no fato que, para manter todas as suas características, esse processo é extremamente importante.

Outro fator decisivo para substituir pisos por ladrilhos é a economia. Na Ladrilhos Maria Estela, o cliente não precisará se preocupar com a aquisição de porcentagens extras para imprevistos, como quebras e danificações, já que possuímos uma equipe especializada em entregas, contando os tecnologias de carga e descarga, além de cuidados com armazenagem. Enquanto é preciso comprar de aproximadamente 15% de revestimentos a mais em obras que não utilizam nosso produto, com os Ladrilhos Maria Estela, essa porcentagem cai para 1%, oferecendo o melhor custo-benefício do mercado.

A empresa também é certificada dentro das Normas Brasileiras (ABNT), seguindo os padrões exigidos pelas NBR 9457 e NBR 9458, o que garante confiabilidade para sua casa.

Já é possível ter a residência dos sonhos investindo uma quantia que esteja de acordo com sua realidade. Para tudo há uma solução, e a Ladrilhos Maria Estela espera ter te ajudado com as dicas apresentadas para alcançar seu objetivo.

Conheça mais sobre o nosso trabalho e os ladrilhos hidráulicos que produzimos em: www.ladrilhosmariaestela.com.br