Processo de Fabricação

Os ladrilhos fabricados pela Maria Estela são hidráulicos, ou seja, uma placa de concreto prensada, de alta resistência ao desgaste para acabamentos de pisos localizados em zonas de transito intenso (T.I). Contém uma superfície de face aparente com textura lisa ou em relevo, no padrão preto e branco ou colorido, em formato quadrado, retangular ou forma definida.São fabricados em três camadas compactas com esforço Maximo de 40 toneladas.

Camada de face aparente

Camada composta de dolomita (pó de mármore), cimento branco estrutural para ladrilhos claros e cimento CPIIE32 para ladrilhos escuros ou naturais, corantes e água.Os corantes utilizados são à base de óxido de ferro (pigmento inorgânico fixo) que misturados na proporção de, no Maximo, 3% em peso de cimento, conferem a mesma tonalidade por mais de 15 anos. Sua espessura é de 5 mm. Sua principal função é fornecer o aspecto decorativo desejado. É resistente ao desgaste, confere impermeabilidade ao revestimento e, sendo ligeiramente rústica, serve como elemento antiderrapante.

Camada Intermediária

Camada Composta de pó de pedra seco e cimento CPIIE32 no traço 2,5:1 e tem espessura de 5 mm. Sua única função é absorver o excesso de água da face aparente durante o processo de fabricação.

Camada inferior e aderência

Durante o processo de fabricação, é chamada, camada de compactação.Camada composta de areia de pedra grossa úmida e cimento CPIIE32 o traço de 3: – não é utilizada areia de rio ou de mar, onde estão presentes mica e cloreto de sódio. Sendo uma camada rústica, confere maior aderência do ladrilho a base durante a aplicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *